Notícias

          A tão aguardada exploração sustentável da floresta agora é realidade na Reserva Extrativista Mapuá, localizada no município de Breves, na região do Marajó. Com o apoio do Instituto Floresta Tropical (IFT), os manejadores iniciaram no último mês de dezembro a primeira extração sustentável de madeira na localidade. “O manejo madeireiro comunitário era um sonho antigo dos moradores daqui. Há muitos anos a gente aguardava por esse momento, pois sabemos que ele pode significar um divisor de águas no desenvolvimento
O Instituto Floresta Tropical promoveu, entre os dias 23 de outubro a 8 de novembro, nas Reservas Extrativistas Mapuá, Arióca Pruanã e Terra Grande Pracuúba, localizadas na região do Marajó, a primeira etapa das oficinas de boas práticas na colheita e pós colheita de açaí. A atividade, executada pela empresa Caruanas Consultoria Socioambiental, foi realizada em cinco polos comunitários e reuniu cerca de 100 participantes. As oficinas, previstas no projeto Florestas Comunitárias, através do financiamento do Fundo Amazônia, abordaram de maneira
O intercâmbio comunitário para a troca de experiências e aprendizados sobre manejo madeireiro comunitário em áreas protegidas da Amazônia, promovido pelo Instituto Floresta tropical em parceria com a doutoranda da Universidade da Flórida e pesquisadora associada do IFT, Ana Luiza Violato Espada, é destaque na atual edição da revista Tropical Forest Update, newsletter da Organização Internacional de Madeiras Tropicais (ITTO; International Tropical Timber Organization). A ITTO é uma organização intergovernamental que promove o manejo florestal sustentável e a conservação
O programa de capacitação e treinamento do Instituto Floresta Tropical promoveu, entre os dias 9 a 17 de setembro, dois cursos de aprimoramentos destinados exclusivamente aos moradores da Reserva Extrativista Mapuá, localizada no município de Breves, na região do Marajó, no Pará. As atividades de Técnicas de planejamento e abertura de infraestrutura (TOI) e Técnicas especiais em derruba de árvores (TCS) foram realizadas nos polos das unidades de manejo florestal “Boa Esperança” e “Santíssima Trindade” e reuniram  cerca de 15
O sonho dos moradores da Reserva Extrativista Arióca Pruanã, no Pará, de possuir uma embarcação exclusiva para as atividades de manejo florestal agora é realidade. Neste sábado, 17/10, a comunidade recebeu uma lancha voadeira doada pela empresa STIHL, destinada especialmente para as ações de manejo da unidade de conservação. A entrega do veículo faz parte de um projeto firmado com o Instituto Floresta Tropical (IFT), que prevê o fortalecimento das organizações locais, doação de ferramentas e aprimoramento técnico especializado aos